segunda-feira, 11 de agosto de 2014

Ja aconteceu com vc?

A CADA DIA QUE PASSA É UMA EXPERIENCIA NOVA COM O CARINHOSO ESPIRITO SANTO .
JA ACONTECEU COM VC?
de vc ler algo da palavra de DEUS (biblia) ,ou estar meditando sobre uma passagem biblica,ou no nosso caso obreiros atendendo alguem que esteja com alguma duvida ou esteja sofrendo ,e tudo que vc leu,meditou,ou passou para o proximo ,e pregado pelo anjo da igreja seja ele pastor ou bispo .
eu não sei vc ,mas eu tenho o maio temor quando isso acontece sei que é
muito gratificante muito importante e que é uma sintonia de comunhão com o ESPIRITO DE DEUS ,e que todos deveriam buscar isso e se manter nesse ESPIRITO sempre .
ontem na minha ida ao templo de salomão no onibûs uma jovem senhora senta do meu lado ja nos conhecemos na igreja sempre a vejo nos comprimentamos mas ainda até então nao tinhamos tido uma oportunidade de conversar , durante a conversa ela me pergunta fala que ate ia conversar com o pastor porque ela nao entendia porque ela ja tinha se convertido batizado nas aguas e que estava buscando o ESPIRITO SANTO e ELE nao vinha e que era o maior sonho da vida dela TE-LO ela me dizia que nao estava mais no pecado nao errava mais ,nao mentia ,nao falava palavrão etc.eu disse a ela querida eu passei por isso eu achava que o ESPIRITO SANTO vinha sobre alguem por merecimento tipo assim quando eu for super santa ele vira, imagina se fosse assim eu nunca ia o ter ninguem o teria eu expliquei para ela nao é por merecimento é dom gratuito de DEUS não que
deixar de mentir ,falar palavrão e muita outras coisas que deixamos quando nos decidimos nos converter etc não seja importante ,é importante e contribui,l mas não é o suficiente se não haver sede .do ESPIRITO SANTO.
quando vc demonstrar com atitude essa sede ate dei o exemplo simples a ela de quando temos sede o que fazemos a sede nos tras uma necessidade de buscar agua ,e essa busca que tem haver dentro de cada um que quer ser agraciado por esse tesouro imensuravel e importanticimo e eterno que é o passaporte o selo a garantia de nossa entrada ao reino de DEUS sem ELE NINGUEM tera a eternidade no reino de DEUS é ELE QUE NOS REVELA JESUS CRISTO NOS GUIA NOS FORTALECE NOS FAZ ETERNOS ,ainda falei a ela o que sempre falo para os adolecentes ja viu um jogo de boliche os pinos estão la a bola de boliche em sua mão se vc acertar o pino certo ele derrubara todos os outros e vc ganhara o jogo ,assim é quando priorizamos o ESPIRITO SANTO as demais coisas sera consequencia muitas das vezes quando chegamos ate uma igreja (idonia) queremos as benção e não o abençoador mas quando priorizamos o abençoador as benção vem no presente é consequencia ,bem ela entendeu o que estava faltando era sede ,mas pessoal foi surpreendente quando estavamos no templo de salomão e o bispo macedo começa a pregação o ESPIRITO TESTEFICA e tudo que falamos minutos atras foi falado ali isso é muito forte e pra mim me tras um temor grande e gracioso, quem somos nos ?hum? tão pequenos ,tão falhos pecadores erramos querendo acertar muitas das vezes mas temos o privilegio que anjos não tiveram de sermos a imagem e semelhança do grande DEUS DE TER A OPORTUNIDADE DE TER O ESPIRITO DE DEUS DENTRO DE NOS vc sabe o que é isso?vc ja parou para pensar neste poder que nos é dado ?e a unica maneira de vc TE-LO E MANTE-LO e a sede ,SE VC BEBER AGUA HOJE AMANHÃ VC NÃO TERA SEDE? A AGUA QUE VC BEBER HOJE VALERA PARA MANTER VC SACIADO AMANHA OU SEMANA OU ANO QUE VEM ? PERCEBE fizicamente temos que beber agua todo dia porque todo dia temos sede e nosso corpo necessita ser idratado todo dia ,e o mesmo vale para nosso ESPIRITO ELE NECESSITA DO ESPIRITO SANTO E DE TERMOS SEDE DE SERMOS SACIADOS TODOS OS DIAS ATÉ O FIM.
...JESUS DISSE SE ALGUEM TEM SEDE VEM A MIM E BEBA ,(joão 7;37)
aproveite a oportunidade e saciese enquanto há tempo de importancia para o que é eterno antes que seja tarde de mais .
ob lucimara aprendendo a aprender mais de DEUS sempre,pra mim o que importa é que ELE cresça e que eu diminua sempre 

terça-feira, 5 de agosto de 2014

meditando sobre Enoque

Dias atras  eu estava meditando sobre ENOQUE. O que este homem era?fez? Como era seu andar com Deus? Poxa isso 'e muito forte em (genises 5;24) ...fala que ele andava com Deus e que Deus o tomou para si.
Ja aqui em hebreus 11;5 fala Pela f'e Enoque foi transladado para nao ver a morte ;nao foi achado ,porque Deus o transladara,pois antes da sua transladacao obteve "Testemunho de haver agradado a Deus. Hebreus 11;6 . De fato sem fe 'e impossivel. Agradar a Deus ,porquanto 'e necessario que Aquele que se aproxima de Deus "creia que ELE existe e que se torna Galardoador dos que o buscam .
Entende agora o que fazia deste homem tao especial que Deus o tomou para si. a fe dele em seus 365 anos de vida agradou a Deus de tal ponto que ele foi tomado e nao viu a morte .
A fe agrada a Deus e nosso contato com Ele ,'e o que nos mantem em comunhao ."Andar com Deus com uma f'e viva materializada praticando diariamente ,agradando a Deus em tudo fazendo Ele participante de todas areas de nossa vida . Mostrando a Ele a nossa fe materializada de uma vida de sacrificio .
Imagine que estraordinario aconteceu com Enoque vc percebe o que a fe e capaz de fazer ,ela faz o impossivel acontecer ele tinha uma vida de agrado a Deus andava com Deus que nos venhamos seguir este exemplo ,andar com Deus aqui na terra dos viventes viver aqui como se aqui nao vivecemos .andando em f'e sempre .
Quando a f'e,o imaginavel o impossivel Acontece ;tudo depende da fe com que cada um de nos tem agradado a Deus em um andar diario pautado em sua palavra .
Ob.lucimara aprendendo a apreder mais de Deus sempre

Voce sabe quem foram os nefilins?

Voce sabe quem foram os nefilins?

Meditando em
Genesis 6

aconteceu que, como os homens começaram a multiplicar-se sobre a face da terra, e lhes nasceram filhas, Viram os filhos de Deus que as filhas dos homens eram formosas; e tomaram para si mulheres de todas as que escolheram. ¶ Então disse o Senhor: Não contenderá o meu Espírito para sempre com o homem; porque ele também é carne; porém os seus dias serão cento e vinte anos. ¶ Havia naqueles dias gigantes na terra; e também depois, quando os filhos de Deus entraram às filhas dos homens e delas geraram filhos; estes eram os valentes que houve na antiguidade, os homens de fama. E viu o Senhor que a maldade do homem se multiplicara sobre a terra e que toda a imaginação dos pensamentos de seu coração era só má continuamente. ¶ Então arrependeu-se o Senhor de haver feito o homem sobre a terra e pesou-lhe em seu coração. E disse o Senhor: Destruirei o homem que criei de sobre a face da terra, desde o homem até ao animal, até ao réptil, e até à ave dos céus; porque me arrependo de os haver feito.

Foi apos esse ocorrido que houve o diluvio onde noe fez a arca mas essa 'e uma meditacao para outro dia outro post quero falar aqui um pouco sobre estes nefilins.

Segundo o dicionario wikip'edia

ns

ְנלִפְנ ליִפ nefilím, que significa

Nefilim, do hebraico

desertores, caídos, derrubados, mas tal termo é uma

לַפָנ . Deriva da forma causativa do

variação do termo

verbo nafál ou nefal (cair,queda,derrubar,cortar). Traz uma ideia de dividido, falho, queda, perdido, mentiroso, desertor.

Literalmente os que fazem os outros cair ou mentir.

Os gigantes são o resultado de uma união entre duas espécies, seres que foram alterados geneticamente devido a compatibilidade entre as mulheres humanas e os Nefelins. Na Bíblia, podemos identificar alguns dos descendentes dos Nefelins na terra por serem antigos governantes, como aponta o livro de Números 13:33

“ Também vimos ali os Nefilins, isto é, os filhos de Anaque, que são descendentes dos nefilins; éramos aos nossos olhos como gafanhotos; e assim também éramos aos seus olhos.

No livro de Números temos uma referência da genealogia dos Nefelins entre os homens e também o local onde habitavam. Números 13:22

“ E subindo para o Negebe, vieram até Hebrom, onde estavam Aimã, Sesai e Talmai, filhos de Anaque.(Ora, Hebrom foi edificada sete anos antes de Zoã no Egito.)

Já no livro de Deuteronômio podemos conhecer um pouco das características físicas dos Nefelins. Deuteronômio 9:2

“ Um povo grande e alto, filhos dos anaquins, que tu conhecestes, e dos quais tens ouvido dizer: Quem poderá resistir aos filhos de Anaque?

Neste versículo há uma segunda referência aos filhos de Deus, onde são chamados de Anaquins. A palavra anaquin tem origem na palavra anunnaki do idioma sumério, que significa aqueles que do céu desceram à Terra,
Ainda no livro de Deuteronômio podemos identificar outras referências aos Nefelins como apresenta o capítulo 2 versículos 10 e 11. Deuteronômio 2:10,11

“ Antes haviam habitado nela os Emins, povo grande e numeroso, e alto como os Anaquins;Eles também são considerados Refains como os anaquins; mas os moabitas lhes chamam Emins.

Os teológos e estudiosos da Bíblia até hoje divergem sobre a natureza dos Nephilim e dos "Filhos de Deus", mencionados em Gn 6.

Espero que vc tenha aprendido um pouco como eu aprendi lendo genesis 6 nao podia deixar passar batido sobre querer saber quem eram esses nefilins pesquizando um pouco mais sobre os nefilins alguns estudiosos teolegos acreditam que os nefelins nao eram anjos e sim humanos filhos de caim mas enfim independente dos estudiosos acham pra mim o que importa e o que a biblia diz e foi um grande erro o envolvimento deles com as mulheres a ponto de Deus destruir atraves do deluvio todos menos noe e sua familia e os animais que DEUS permetiu que entracem na arca.

Ob lucimara aprendendo a aprender mais de Deus sempre

quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

A FARSA DO NATAL

Muitos cristãos, inocentemente, aderem a práticas religiosas sem ao menos se atentarem que, na realidade, repetem alguns dos mesmos atos e 'rituais' de culturas pagãs passadas. A comemoração do Natal e o 'culto' à sua árvore são exemplos de como muitos conseguem ser iludidos pela religião.
Semíramis e a farsa do Natal e sua árvore
Para falar do NATAL, é preciso voltar ao tempo de NOÉ, após o dilúvio,
quando um de seus filhos, CAM, o viu dormindo embriagado e nu. Ele começou a rir de seu pai e correu para contar aos seus outros dois irmãos, SEM e JAFÉ.
Estes, ao contrário, foram de costas e cobriram a nudez do pai. NOÉ, quando soube do acontecido, amaldiçoou seu filho CAM, para que este e seus descendentes servissem a seus outros dois filhos. E toda a geração após ele se tornou maldita.
CAM casou-se com SEMÍRAMIS (esta é a mulher da nota de 1, 2, 5, 10, 20, 50 e 100 reais; a mulher da Estátua da Liberdade; a mulher da balança da justiça; da Columbia Pictures, etc.)
e ambos geraram um filho, NINRODE. Ele matou seu pai CAM e casou-se com sua mãe.
Foi o fundador da Babilônia, Nínive e outras cidades pagãs. Tentou levantar a torre de BABEL, e DEUS o impediu.
Seu tio SEM o matou, pois ele estava se opondo muito contra DEUS. SEMÍRAMIS, sua mãe e esposa, espalhou a mentira de que ele não havia morrido, e sim que havia ido para o céu, pois ele se dizia deus - o deus sol.
SEMÍRAMIS engravidou e dizia ser um presente dos deuses, que era a reencarnação de NINRODE; mas, na verdade, era fruto de uma traição, pois seu marido, e filho, já estava morto. E nasceu TAMUZ, no dia 25 de dezembro, deus sol dos egípcios, babilônicos, gregos, persas, romanos e, hoje, das S.S. (sociedades secretas).
Ele morreu durante uma caça, provavelmente por um animal selvagem, e seu corpo ficou caído sobre um tronco apodrecido de árvore. Sua mãe dizia que neste tronco nasceu um pinheiro, e todos os anos, no dia 25 de dezembro, era comum as pessoas levarem um pinheiro para dentro de casa e o enfeitarem com ouro e prata, como símbolo do renascimento de TAMUZ.
As sacerdotisas jejuaram e choraram por 40 dias e 40 noites a morte de TAMUZ ao pé do pinheiro e, no final desse período, elas agradeciam umas às outras fazendo trocas de presentes, os quais eram depositados aos pés desse pinheiro. Todos os anos, no dia 25 de dezembro, era comemorado o Natal (nascimento de Tamuz).
Quando os PERSAS dominaram essa região, eles levaram todas as idolatrias para a PERSIA, inclusive os deuses TAMUZ, NINRODE E SEMÍRAMIS, que apenas mudaram de nome. O domínio, em seguida, passou para os GREGOS, e estes fizeram a mesma coisa, mudando apenas os nomes; eles passaram a ser ZEUS, AFRODITE E EROS.
Em seguida, os EGÍPICIOS dominaram e mudaram os nomes também, passando a se chamar OSIRIS, ISIS E HORUS.
Já nos tempos de JESUS CRISTO, o domínio era ROMANO, e ROMA mudou também os nomes. Passaram a se chamar apenas VÊNUS E CUPIDO, caindo a figura do pai. E no Século IV, depois de CRISTO, o imperador CONSTANTINO, para agradar aos CRISTÃOS que eram em grande número em ROMA, decidiu oficializar o CRISTIANISMO como religião oficial de ROMA. E para agradar ainda mais a eles, pegou os nomes mais fortes dentro do CRISTIANISMO e passou a chamar os ídolos por nomes CRISTÃOS.
TAMUZ e SEMÍRAMIS passaram a se chamar MENINO JESUS e VIRGEM MARIA. Assim, o Natal continuou a ser comemorado como sendo o nascimento do menino JESUS, mas, na verdade, esse menino seria TAMUZ, o deus pagão.
Outro engano disfarçado são os obeliscos. Feitos de uma pedra em forma quadrangular e alongada, os monumentos, preferencialmente, eram colocados na área central de amplos espaços abertos e nos templos do deus sol, Rá. E, apesar de no antigo Egito obelisco significar ‘proteção’ ou ‘defesa’, saiba o que realmente representa.
Obelisco
Você está olhando para a mais famosa representação pública do ato sexual no mundo. Este obelisco, no meio da satânica Roda das Oito Etapas para a Iluminação, encontra-se na Praça de São Pedro, no Vaticano. Bastante interessante ver uma representação sexual no Vaticano, pois eles falam muito sobre sexualidade, uma prova de que o catolicismo romano é uma forma de satanismo muito profunda. Outra prova é a ‘cruz invertida’, usada pelo papa.
Concluímos que o Obelisco é um monumento feito para adorar deuses, simbolizando a bandeira de Lúcifer e o ato sexual.

quarta-feira, 6 de novembro de 2013

Quais foram o significado e o propósito das tentações de Jesus?"

 Resposta: Após Seu batismo, Jesus foi "levado pelo Espírito ao deserto, onde, durante quarenta dias, foi tentado pelo diabo" (Lucas 4:1-2). As três tentações de Jesus no deserto foram um esforço de seduzir e transferir a Sua fidelidade de Deus a Satanás. Vemos uma tentação semelhante em Mateus 16:21-23 onde Satanás, através de Pedro, tenta Jesus a renunciar a cruz à qual estava destinado. Lucas 4:13 nos diz que após as tentações no deserto, Satanás "o deixou até ocasião oportuna", o que aparenta indicar que Jesus foi tentado outras vezes por Satanás, embora novos incidentes não sejam registrados. O ponto importante é que, apesar de várias tentações, Ele nunca pecou.

Que Deus tinha um propósito ao permitir que Jesus fosse tentado no deserto é evidente pela declaração "foi levado pelo Espírito ao deserto". Uma finalidade é assegurar-nos de que temos um sumo sacerdote capaz de Se relacionar conosco em todas as nossas debilidades e fraquezas (Hebreus 4:15) porque Ele mesmo foi tentado em todos os pontos nos quais também somos. A natureza humana do Nosso Senhor permite que Ele compreenda as nossas próprias fraquezas por ter sido submetido à fraqueza também. "Porque, tendo em vista o que ele mesmo sofreu quando tentado, ele é capaz de socorrer aqueles que também estão sendo tentados" (Hebreus 2:18). A palavra grega traduzida "tentado" aqui significa "pôr à prova". Então, quando somos colocados à prova e testados pelas circunstâncias da vida, podemos ter certeza de que Jesus entende e se solidariza como alguém que sofreu as mesmas provações.

As tentações de Jesus seguem três padrões que são comuns a todos os homens. A primeira tentação diz respeito à concupiscência da carne (Mateus 4:3-4), a qual inclui todos os tipos de desejos físicos. O Nosso Senhor teve fome, e o diabo o tentou a transformar pedras em pão, mas Ele respondeu citando Deuteronômio 8:3. A segunda tentação foi acerca da soberba da vida (Mateus 4:5-7), e aqui o diabo tentou usar uma passagem da Escritura contra Ele (Salmo 91:11-12), mas novamente o Senhor respondeu com a Escritura em sentido contrário (Deuteronômio 6:16), afirmando que seria errado abusar de Seus próprios poderes.

A terceira tentação foi acerca da concupiscência dos olhos (Mateus 4:8-10), e se algum atalho ao Messias fosse possível, evitar a paixão e crucifixão para as quais Ele originalmente veio seria a forma. O diabo já tinha o controle sobre os reinos do mundo (Efésios 2:2), mas estava pronto a dar tudo a Cristo em troca de Sua lealdade. O mero pensamento quase causa a natureza divina do Senhor a tremer, e Ele responde agressivamente: "Retire-se, Satanás! Pois está escrito: ‘Adore o Senhor, o seu Deus e só a ele preste culto’" (Mateus 4:10, Deuteronômio 6:13).

Caímos em muitas tentações porque a nossa carne é naturalmente fraca, mas temos um Deus que não nos deixará ser tentados além do que possamos suportar; Ele proverá uma saída (1 Coríntios 10:13). Podemos, portanto, ser vitoriosos e agradecer ao Senhor pelo livramento da tentação. A experiência de Jesus no deserto nos ajuda a enxergar essas tentações comuns que nos impedem de servir a Deus de forma eficaz.

Além disso, Jesus nos deixa o exemplo de como devemos responder às tentações em nossas próprias vidas -- com as Escrituras. As forças do mal vêm sobre nós com uma miríade de tentações, mas todas têm as mesmas três coisas em sua essência: a concupiscência dos olhos, a concupiscência da carne e a soberba da vida (1 João 2:16). Só podemos reconhecer e combater essas tentações ao saturar os nossos corações e mentes com a verdade. A armadura de um soldado cristão na batalha espiritual inclui apenas uma arma ofensiva, a espada do Espírito, ou seja, a Palavra de Deus (Efésios 6:17). Conhecer a Bíblia intimamente vai colocar a espada em nossas mãos e nos capacitar a ter vitória sobre as tentações.

terça-feira, 5 de novembro de 2013

A psicologia descobrindo o que as Escrituras Sagradas já haviam revelado

Quando temos pensamentos que nos incomodam, que nos desanimam, que nos deprimem, que nos colocam em causa a nossa autoestima, que nos viram contra o mundo, certamente causam-nos algum tipo de problema pessoal ou problema psicológico, prejudicando-nos. Estas distorções cognitivas ou distorções do pensamento são também conhecidas como mensagens enganosas do cérebro.
A maioria de nós pensa assim, pelo menos por algum tempo. Facilmente conseguimos perceber que este tipo de pensamentos quando prolongados no tempo e enraizando-se em padrões mentais, podem constituir-se como obstáculos ao equilíbrio emocional. Estas distorções do pensamento podem conduzir à infelicidade, e não apenas para você, mas para aqueles ao seu redor. Mudar o seu pensamento é difícil. Mas difícil não é impossível."  Fonte: Escola Psicologia


Quando uma pessoa passa por dois ou mais problemas parecidos, seu cérebro acaba criando uma verdade para si mesmo e que na maioria das vezes essa "verdade" não procede. A pessoa passa a ver tudo a preto ou branco, sem meio termo. Ou está sempre tirando conclusões precipitadas de tudo. Isso acontece devido experiências muito fortes que a pessoa passou e que mexeu com ela.

Por exemplo: Uma pessoa que foi muito humilhada ou destratada por um patrão, depois acontece algo parecido em outro trabalho com outro patrão. Seu cérebro cria uma imagem a respeito de “patrão” que todos são iguais.

O estudo da psicologia afirma que: É possível não seguir os pensamentos que não lhe servem; é possível criar pensamentos que o beneficiem de acordo com os seus objetivos. E o Espírito Santo através do apóstolo Paulo adverte: “E não vos conformeis com este século, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus.” (Romanos 12:2)

A Bíblia afirma: “Não é bom proceder sem refletir, e peca quem é precipitado.” (Provérbios 19:2) Antes de deduzirmos ou concluirmos o que quer que seja, devemos refletir, para não pecarmos ao julgarmos algo ou alguém precipitadamente pela verdade que o nosso cérebro criou. Pois, existem coisas que só com o tempo são esclarecidas e quando julgamos precipitadamente, iremos descobrir depois deste tempo, que nada era do jeito que achávamos que era. A solução para conseguirmos a renovação da nossa mente é observarmos as Escrituras, e colocar em prática os seus ensinamentos.

Meditando sobre Moises


A Intimidade de Moisés com Deus e o Desejo de Josué de Conhecê-Lo
 

Ex 33 – 35
Ex 33: 11 – “Falava o Senhor a Moisés face a face, como qualquer fala a seu amigo; então, voltava Moisés para o arraial, porém o moço Josué, seu servidor, filho de Num, não se apartava da tenda.”
Deus havia falado que não subiria no meio do povo para a terra prometida por eles serem um povo de dura cerviz. Moisés mais uma vez intercede e diz “se a tua presença não vai comigo, não nos faças subir deste lugar” (Ex 32: 15), pois ele sabia que nada podia fazer sem o Senhor.
A tendência de todo homem é se desviar (Os 11: 7), muitas pessoas no lugar de Moisés poderiam achar que tinham condições de conduzir o povo adiante, achariam motivo de se orgulhar em ter tirado o povo do Egito, se exaltariam no status de liderança e imaginariam que o fato de ter Deus por perto não é tão essencial. A natureza do homem é má, mas Moisés tinha um constante relacionamento com Deus e isso impedia que ele desagradasse o coração do Pai. A intimidade dele era tão grande que o Senhor falava com ele face a face, como um amigo. Moisés não dava lugar à carne e por isso se mantinha humilde, contrito, dependendo de Deus como um bebê depende dos pais. Esse é o segredo de quem quer perseverar até o fim.
Hoje na igreja, se procurarmos cuidadosamente acharemos pouquíssimos “Moisés”, mas encontraremos muitos “Josués”. Josué era um jovem que tinha um desejo imenso de conhecer de perto o Deus que Moisés tanto falava. Ele não só admirava as palavras de Moisés, mas grudava nele. Josué foi até o monte e o esperou 40 dias até ele voltar e quando ele ia à tenda para buscar ao Senhor, Josué ia junto, mas quando Moisés voltava, ele não se apartava da tenda, porque era ali que Deus estava.
Josué era um homem comum que se tornou um grande homem porque buscou a Deus e se colocou a disposição. Hoje vivemos numa época que não é preciso construir tabernáculos e nos vestir com vestes sacerdotais. Jesus morreu pelos nossos pecados, o Deus glorioso que se esvaziou teve seu sangue derramado para que nós tivéssemos livre acesso ao Pai, pois esse sempre foi o seu desejo. Deus quer se relacionar conosco. Temos que buscá-Lo de todo nosso coração e estar disponíveis a Ele não é só falar “eis me aqui, envia-me a mim”, mas é preciso agir segundo essa fé, sem se acomodar nunca.